Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Escolar / #PraPensar / Dia da Educação - 2020

Dia da Educação - 2020

Dia da Educação - 2020

Dentre vários títulos e qualificações dadas a Jesus Cristo de Nazaré, uma que lhe cabe bem é o de professor. Ele era um mestre dedicado que considerava o histórico de suas alunas e alunos, bem como o contexto em que se inseriam. Jesus, como alguém sensível e atencioso às pessoas que se achegavam a ele para aprender, valorizava todo o processo de ensino-aprendizagem. Um cuidado que Cristo tinha era o de apresentar o conteúdo de seu ensino em diálogo com a realidade vivida por quem convivia com ele. O Nazareno, mesmo não tendo feito um curso contemporâneo de Pedagogia, era um tipo de pedagogo que valorizava a educação e isso se evidencia no texto de Lucas 14.28-30:

Pois qual de vós, pretendendo construir uma torre, não se assenta primeiro para calcular e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançado os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem, zombem dele, dizendo: Este homem começou a construir e não pôde acabar.

Após discorrer sobre todas as implicações que devem ser consideradas por aquelas pessoas que pretendem segui-lo, Jesus traz um exemplo muito interessante do campo da economia doméstica. Ele comenta sobre o encargo, o zelo e a gestão das contas pessoais para, posteriormente, realizar a construção de uma torre. Assim, tanto o indivíduo que quer seguir a Cristo quanto aquela e aquele que pretende construir algo precisa ter aptidão para fazer seu serviço, comprometer-se, ser hábil e consciente de sua responsabilidade. E, em seguida, ele conclui que é imprescindível atuar com cuidado no presente para evitar desastres no futuro.

Neste “Dia da Educação”, embora as instituições de ensino e docentes aproveitem para festejar e reavaliar a jornada acadêmica, todas as pessoas da sociedade têm a oportunidade de refletir sobre a maneira como tem tratado a educação em todas as suas dimensões, bem como construído e partilhado os saberes no cotidiano. Este ensino de Jesus, além de discorrer sobre a vida com Deus e seus desdobramentos, exemplifica que a educação ocorre em todas as áreas da existência e requer sensibilidade, comprometimento e dedicação.

Por fim, inspiradas e inspirados pelos ensinos de Jesus Cristo de Nazaré, não nos esqueçamos de que a educação se realiza no lar, nos círculos de amizade, na religião, na escola, na universidade e nos demais setores sociais. Cabe a nós, portanto, nunca parar de aprender, ensinar e aprimorar-se. Que a bênção do Deus Pai, do Filho e do Espírito Santo seja sobre cada uma e cada um de nós. Amém.

Rev. Edemir Antunes Filho
Coordenador da Pastoral Escolar e Universitária do IMS