Você está aqui: Página Inicial / Pastoral Escolar / Reflexões / Amigos de Deus

Amigos de Deus

Em todo tempo ama o amigo, e na angústia se faz o irmão. (Provérbios 17-17)

Não podemos viver sozinhos. Precisamos de amigos, daquelas pessoas que nos entendem e participam de nossos momentos. Às vezes, sentimo-nos perdidos nas situações difíceis e, ao conversarmos com um amigo, já ficamos melhor. É com essas pessoas que compartilhamos momentos de alegria e também de tristeza e é nessa relação que também é possível amadurecer ao olharmos para nós mesmos e se pensarmos enquanto seres humanos, filhos do Senhor e em relação com o próximo.

Essas relações de amizade não se fazem apenas de alegrias e felicidade. Há também momentos de crises e abalos. Às vezes, acabamos sendo injustos com os amigos, por estarmos com ciúmes, inseguros ou alterados emocionalmente. Da mesma forma, um amigo também pode nos tratar assim. E é por meio destas relações que aprendemos a nos conhecer, compartilhar momentos em que se desenvolve a amizade.

Não podemos esquecer que Deus é uma pessoa real, que deve ser o maior e melhor amigo. Se acreditarmos que Deus existe mesmo, então podemos falar com Ele e considerá-lo uma pessoa da maior confiança. Temos necessidade de nos relacionarmos com as pessoas especiais que chamamos de amigos.

Jesus viveu em nosso meio e também teve amigos. Foram doze homens chamados discípulos, seus seguidores, pessoas amigas que caminharam juntas. Eles comiam juntos, oravam, cantavam e, enquanto andavam pelas ruas, aprendiam a palavra de Deus conversando.

Da mesma forma que Jesus, temos vários tipos de amigos. Como Abraão, podemos ser amigos de Deus (Tiago 2-23). Jesus disse que nós somos amigos dele e nós sabemos que Ele é nosso melhor AMIGO.

 “Um amigo fiel é uma poderosa proteção, quem o encontrou, descobriu um tesouro.” (Eclesiastes 6-14). De fato, a amizade é algo valioso para o ser humano e, como um tesouro, não está em todos os cantos de rua, mas Deus nos mostra ao longo do tempo esse amigo.  Um amigo é alguém que estimamos, que confiamos, com o qual podemos contar nas horas boas e nas ruins, um protetor, um grande conselheiro.  Como sempre, o Mestre mostra o quanto é importante termos amigos e experimentarmos todos os dias o tesouro de termos um grande amigo que se chama Jesus. Por que, então, não aceitar o desafio que Jesus nos coloca, vivendo a amizade com todos por amor a Ele?

Ao longo de nossa vida, muitos amigos passam por nós e deixam saudade. Também deixam a recordação de tudo que foi vivido. É na amizade verdadeira que encontramos sinceridade, lealdade, afinidade, cumplicidade, simplicidade, fraternidade. Amigos são irmãos que a vida nos deu para caminhar conosco ao longo da nossa jornada espiritual, extrapolando os limites do tempo, continuando quando e onde Deus assim o permitir.

“Vós sereis meus amigos se fizerdes o que vos mando. Já não vos chamo servos, chamo-vos amigos” (João 15:14-15).

Prª. Angela Margo Melo Dias
Pastoral Escolar
Colégio Metodista Centenário